De acordo com dados colhidos pelo instituto DataCenso, encomendados pela Associação Comercial do Paraná (ACP), a expectativa é de crescimento nas vendas para o Dia das Crianças deste ano. Os comerciantes estão confiantes e projetam um aumento real de 0,8% nas vendas, panorama diferente do ano passado, que apresentou uma queda real de 4%.

Segundo o DataCenso, o comerciante curitibano está esperançoso com relação aos próprios negócios, com um crescimento de 10% no índice de expectativa, no comparativo de julho a setembro. Os fatores que explicam isso, de acordo com a pesquisa, é a proximidade do pagamento da primeira parcela do 13º, o leve aumento do PIB e da taxa de emprego.

A pesquisa também mostrou que 70% dos comerciantes consultados declararam que vão fazer algum tipo de promoção, visando as vendas para o Dia das Crianças, sendo a maioria delas em descontos para pagamentos à vista, seguida por ofertas e promoções, além de distribuição de brindes e prêmios.

ESTIMATIVA DE COMPRA E GASTOS

Brinquedos ainda dominam a preferência nas pretensões de compra. Porém, um item demonstrou um salto significativo na ordem de intenções de presentes a serem dados em relação a 2017: os livros. Ano passado apenas 1% do público consumidor demonstrou intenção de comprar um livro como presente, este ano, esse numero saltou para 26%.

Com o crescimento na expectativa de vendas, a espera é de pelo menos manter a mesma média de gastos do ano passado. Em 2017, o ticket médio de compra no dia das crianças foi de R$ 117,00, para esse ano a expectativa de gasto é de R$ 135,00, valor este que praticamente estabelece a mesma média, se corrigida a inflação acumulada dos últimos 12 meses, que foi de 4,19%.

Imprimir