A pesquisa de satisfação de funcionários é essencial para a sobrevivência de uma empresa. Com a ajuda dela, podemos avaliar como está a motivação dos colaboradores, o que impacta diretamente nos resultados de produção e de qualidade no atendimento.

Além disso, profissionais insatisfeitos não permanecem por muito tempo no mesmo emprego e a alta rotatividade influencia negativamente as contas da corporação. Quando acontecem vários pedidos de demissão, surgem custos com pagamento de direitos, com novas contratações e, às vezes, até com processos trabalhistas. Os prejuízos são enormes!

Por tudo isso, uma das melhores maneiras de evitar esses problemas é investir na satisfação dos colaboradores. E para entender como está o cenário na sua empresa, a realização de pesquisas com essa finalidade cumpre um papel fundamental. Para saber mais, continue a leitura e veja como fazer essa pesquisa!

QUAIS SÃO OS SINAIS DE PROBLEMAS NO CLIMA ORGANIZACIONAL?

O clima organizacional é favorável quando os trabalhadores estão realmente envolvidos e motivados em contribuir com a empresa. Eles sentem que são importantes, estão à vontade no ambiente corporativo, têm um bom relacionamento com líderes e colegas, estão satisfeitos com os salários e pretendem trabalhar no mesmo lugar por muito tempo.

Por outro lado, alguns sinais como grande número de faltas, fofocas e clima pesado no ambiente, muitos atrasos, aumento de reclamações dos clientes, erros constantes, retrabalhos e conflitos dentro do setor podem indicar que esse fluxo não vai bem.

COMO A PESQUISA DE SATISFAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS PODE AJUDAR?

A realização de uma pesquisa permite que você entenda os principais pontos de descontentamento entre seus colaboradores. Detectando os problemas, é possível fazer as mudanças necessárias para aumentar os índices de satisfação e evitar que essas questões cresçam demais, a ponto de gerar uma crise no ambiente corporativo.

COMO DESENVOLVER E APLICAR A PESQUISA?

Para garantir a honestidade dos resultados, garanta a confidencialidade das informações. Deixe claro aos funcionários que a intenção é garantir uma melhora nas condições de trabalho e que não acarretará em nenhuma consequência negativa.

Muitas empresas terceirizam a realização de pesquisas que podem apurar o clima organizacional. No entanto, com a ajuda de questionários ou de entrevistas, esse trabalho também pode ser feito internamente.

Para que você obtenha as informações que vão trazer resultados satisfatórios, é importante envolver os seguintes aspectos nas perguntas.

SATISFAÇÃO COM SALÁRIO E BENEFÍCIOS
  • Os funcionários sentem que estão sendo remunerados honestamente?
  • Seus salários estão de acordo com a média oferecida em outras empresas?
INSTALAÇÕES E CONDIÇÕES DE TRABALHO
  • O local de trabalho é prazeroso e com as instalações necessárias para que as funções sejam exercidas confortavelmente sem prejudicar a saúde dos colaboradores?
  • A carga horária está dentro do desejado?
  • O volume de trabalho está ideal, sem provocar estresse e comprometer o desempenho?
RELACIONAMENTO COM CHEFE E COLEGAS
  • O profissional está à vontade no ambiente de trabalho?
  • Ele sente confiança no gestor e tem espaço para diálogos?
  • Os colegas colaboram entre si nas tarefas diárias?
FEEDBACK E DESENVOLVIMENTO DE CARREIRA
  • Os profissionais se sentem apoiados na empresa e ficam animados com novos desafios?
  • Eles estão se desenvolvendo e recebem incentivos para novos aprendizados?
  • Há espaço para crescimento de carreira dentro da organização?
  • Os líderes dão feedbacks e acompanham o desenvolvimento?

RELEVÂNCIA DOS FUNCIONÁRIOS PARA A EMPRESA

  • Os colaboradores percebem que são importantes para o alcance de metas e que são valorizados por isso?
  • Eles são reconhecidos como indivíduos relevantes para a empresa?
QUANDO FAZER UMA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS?

Saber o momento mais adequado para fazer uma pesquisa de satisfação dentro da empresa é crucial, pois pode evitar uma série de problemas com a equipe. Abaixo, confira quando a pesquisa deve ser aplicada!

AUMENTO DO RETRABALHO

O retrabalho é um grande problema para diversas empresas, na medida em que faz com que os funcionários percam tempo em uma atividade e atrasem outras. Isso pode gerar uma série de consequências negativas para o seu negócio, tais como:

  • perda de clientes;
  • queda da produtividade;
  • perda da qualidade dos serviços;
  • funcionários insatisfeitos.

Nesse sentido, o retrabalho constante pode ser um sinal de que os membros da equipe não estão dando o melhor que podem. Por isso, assim que esse problema for identificado, é o momento de começar a questionar os funcionários e saber o que eles estão achando da empresa e das atividades que executam.

CRESCIMENTO DA ROTATIVIDADE

A saída e a entrada contínua de funcionários é um sinal bem claro de que algo está errado, e a empresa precisa parar e analisar por que os membros da equipe estão pedindo demissão com tanta frequência. Com certeza, alguma coisa não está agradando, do contrário, eles permaneceriam e ajudariam o seu negócio a crescer.

Esse costuma ser um grave problema para a empresa, já que ela precisa estar sempre treinando novos funcionários. Isso gera perda de tempo, de produtividade e, dependendo do negócio, até mesmo de clientes.

QUEDA NA PRODUTIVIDADE

Quando um setor ou um funcionário que era altamente produtivo começa a mostrar um baixo desempenho de forma frequente e gradual, é sinal de que algo não vai bem. É também um momento para descobrir o que seria esse “algo” e tornar esse indivíduo novamente produtivo.

Lembre-se que, quando a produtividade cai, quem mais perde é a companhia, já que o funcionário continuará recebendo o salário como sempre. Por outro lado, demiti-lo e contratar outro, sendo que o problema pode estar na empresa, não fará muita diferença, aliás, a empresa só perderá mais tempo e dinheiro treinando um novato.

QUAIS SÃO AS MELHORES DICAS PARA FAZER A PESQUISA DE SATISFAÇÃO?

Na hora de montar a sua pesquisa, é necessário ter em mente alguns fatores essenciais. Existem certos assuntos que não podem faltar e fazer as perguntas certas pode sanar uma série de problemas internos. Acompanhe!

ESCOLHA A METODOLOGIA

Qual será o tipo de pesquisa aplicada? As perguntas serão abertas ou objetivas? Será com graduação de satisfação de 0 a 10 ou com respostas simples como sim ou não?

Esses detalhes precisam ser pensados com cuidado e a metodologia dependerá muito do tipo de informação que você deseja descobrir. Para uma pesquisa mais aprofundada, poucas perguntas com respostas abertas podem oferecer um bom resultado.

APLIQUE A PESQUISA

A pesquisa com os funcionários é um pouco diferente daquela feita com os clientes. Uma das vantagens é que você pode estabelecer um intervalo para que a equipe responda à pesquisa, afinal de contas, os colaboradores estão dentro do estabelecimento e não terão a oportunidade de deixar para depois.

Enfatize a importância de responder aos questionamentos da melhor forma possível e com o máximo de sinceridade. Explique que isso servirá para avaliar o ambiente de trabalho e fazer mudanças positivas.

Um funcionário motivado e que gosta do trabalho que executa acaba sendo benéfico para todas as partes, e quem mais ganha é a empresa. Mostre que ele é importante e que seu trabalho faz diferença.

Imprimir