Não é novidade que o Brasil tem uma das taxas de inadimplência mais altas do mundo. Para se ter uma ideia, em 2017 quase 40% da população entre 18 e 95 anos de idade está com o nome sujo nos bancos de dados das instituições de proteção ao crédito, como o SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).
Considerando essa realidade, o Cadastro Positivo foi criado como forma de assegurar os direitos dos cidadãos considerados bons pagadores, já que enfatiza os pontos positivos dos consumidores. Continue a leitura do artigo para entender o que é o Cadastro Positivo, como ele funciona e se é vantajoso para as empresas.
O QUE É CADASTRO POSITIVO?
Como citamos, o Cadastro Positivo é como a versão oposta do “nome sujo”. Em vez de registrar informações sobre as pessoas que não pagam suas dívidas, o cadastro serve para aumentar o rigor na avaliação de risco de consumidores por meio de informações positivas armazenadas no banco de dados.
O Cadastro Positivo é uma forma de garantir às instituições financeiras que o consumidor tem um bom histórico de pagamentos e, consequentemente, direito a ter crédito concedido para empréstimos e financiamentos com condições facilitadas.
COMO FUNCIONA O CADASTRO POSITIVO?
O sistema do Cadastro Positivo funciona por adesão, ou seja, só será incluso no banco de dados quem se cadastrar voluntariamente no sistema, diferentemente do cadastro negativo. O consumidor precisa concordar que suas informações financeiras sejam disponibilizadas para as empresas que consultam o crédito.
Na prática, funciona da seguinte forma: se você tiver financiado um carro, a consulta mostrará o valor do veículo, o valor de cada parcela, o número de prestações que já foram quitadas e até mesmo a data de vencimento.
O IMPACTO DO CADASTRO POSITIVO ENTRE A POPULAÇÃO
O objetivo dessa iniciativa seria facilitar a consulta de bancos, lojas e financeiras em suas análises de risco de crédito, facilitando a concessão ao consumidor de forma mais prática e ágil.
Entretanto, muitas pessoas ainda não enxergam essa possibilidade com bons olhos, pois consideram que o fato de as empresas terem acesso às suas informações pode facilitar a descoberta de dados relevantes.
Os criadores estimaram  que cerca de 40 milhões de usuários seriam cadastrados, mas até o final do ano passado a realidade foi bem diferente: apenas 1,5 milhão de cadastros ativos.
QUAIS AS VANTAGENS DO CADASTRO POSITIVO?
SUBSTITUIÇÃO DE PONTOS NEGATIVOS POR POSITIVOS
Basicamente, uma conta paga compensa os pontos perdidos por uma conta atrasada. Para isso, é preciso pagar as contas em dia e cadastrá-las no sistema.
AVALIAÇÃO DE CRÉDITO
O consumidor é avaliado de forma individual e mais completa, o que influencia diretamente na redução de processos burocráticos durante as consultas, tornando a obtenção de crédito mais fácil e possibilitando melhores condições de financiamento.
O CADASTRO POSITIVO É VANTAJOSO PARA AS EMPRESAS?
De fato, o Cadastro Positivo é uma iniciativa que pode, sim, beneficiar as empresas, pois considerando que a consulta de dados negativos sobre o cliente já é disponibilizada normalmente, o Cadastro Positivo é um meio de certificar que os consumidores têm um bom histórico de transações financeiras.
Assim é possível tomar as melhores decisões na hora de conceder crédito, facilitar as formas de financiamento, entre outras operações que exijam o comprometimento da renda do cliente.
Imprimir