Dois guardas civis municipais de Praia Grande concluíram recentemente importantes treinamentos em suas áreas de atuação. A intenção do comando da corporação, ao incentivar a qualificação de seus integrantes, é promover o crescimento profissional e também oferecer um serviço de mais qualidade aos munícipes e visitantes.

Um dos guardas participou do curso de Patrulhamento Tático Motorizado (Patamo), que foi realizado na Cidade de Jandira, durante 15 dias. Michel de Lima Alves dos Santos, está há 16 anos na GCM de Praia Grande e atualmente é encarregado da equipe Romo (Rondas Ostensivas de Motocicleta). Para ele, participar do curso foi uma oportunidade de aprender e aprimorar conhecimentos. “Foi muito proveitoso, dinâmico e prático, mas difícil também, pois requer muito condicionamento físico. Tenho certeza de estar preparado para colocar em prática quando necessário e ajudar meus companheiros como multiplicador”.

Entre as disciplinas ministradas estão doutrina de policiamento tático, estudo da criminalidade, tecnologia e técnicas não letais, técnicas operacionais avançadas, combate em ambiente confinado, contra emboscada motorizada, tiro tático teórico e prático, nomenclatura manutenção e armamento, direção defensiva e evasiva, atendimento pré-hospitalar tático, ocorrências com reféns, imobilização policial, simulação de operações, técnicas de patrulha, chefia liderança e trabalho em grupos, progressão em local de alto risco, controle de distúrbio civis, choque ligeiro, uso indevido de drogas e operações noturnas.

Já o inspetor-chefe Rubens Machado Neto, foi aprovado no processo seletivo da Polícia Federal para o recredenciamento de Instrutor de Armamento e Tiro (IAT). Ele foi um dos 42 aprovados entre os 162 inscritos. Instrutor de tiro desde 2008, ele é o único credenciado entre as guardas civis municipais da região, desde 2013. O processo era comporto de prova escrita, prova prática de tiro, prova oral e de comandos, além de prova prática de montagem e desmontagem de armamento.

Para o comandante da GCM de Praia Grande, Edvaldo Pereira dos Santos, atualmente o aperfeiçoamento pessoal de cada guarda é fator crítico de sucesso para as organizações de segurança pública, principalmente ao refletir no serviço prestado à população. “Entendemos que, ao incentivar e investir na qualificação de nossa equipe, a GCM de Praia Grande dá um passo muito importante para servir com qualidade os cidadãos praiagrandenses e todos aqueles que desfrutam de nossa Cidade”.

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Praia Grande foi criada em 1969, quando era chamada de Serviço de Vigilância e Salva Vidas, passou por várias reformulações ao longo dos anos até que a Lei Complementar 269 fosse aprovada em 2001, dando uma nova estruturação à corporação. Neste período, os avanços foram muitos. A começar por uma legislação específica com a implementação de concurso público para o ingresso no cargo, passando pela constante capacitação de seus integrantes, investimentos em equipamentos e melhores condições de trabalho, até se tornar referência entre as cidades da região.

Atualmente, a GCM de Praia Grande conta com 357 homens e mulheres totalmente preparados para atuar nas ruas da Cidade tanto no patrulhamento preventivo quanto ostensivo.

Imprimir