No início do mês esteve presente no auditório Roberto Marinho, Bairro Mirim, o prefeito Alberto Mourão, para fazer a entrega dos 275 certificados de conclusão da 2ª Turma, que participou do Curso de Formalização e Qualificação de Ambulantes, que foi oferecido pela Secretaria de Finanças (Sefin) e Secretaria de Assuntos Institucionais (SEAI) e aconteceu durante o mês de novembro. O curso foi obrigatório para todos os ambulantes aprovados no recenseamento realizado pela Secretaria de Finanças.

Durante a apresentação, antes de contemplar os participantes com a entrega dos diplomas, Mourão destacou o quão importante esses trabalhadores são para o Município e o turismo, e destacou a importância que tem quando eles se qualificam. “O melhor marketing que existe ainda não é a mídia nem as redes sociais, é o boca a boca. Quando vocês se qualificam e prestam o bom atendimento, isso acontece e o retorno é garantido, pois o turista retorna para sua cidade falando bem de Praia Grande, na primeira oportunidade volta para cá e ainda traz mais pessoas para consumir em nossa cidade”.

Nos meses de agosto e novembro, a Prefeitura realizou 1.122 convocações, para que esses trabalhadores participassem do Curso de Formalização e Qualificação de Ambulantes, cujo certificado é documento obrigatório para obtenção da autorização para exercício da atividade de ambulante no Município. De acordo com a Lei 779 e 787/ 2018, após o término do curso, e com no mínimo de 75% de aproveitamento nas aulas, os ambulantes deverão apresentar as documentações especificas.

As aulas foram divididas em módulos com a participação ativa das secretarias municipais de Assuntos Institucionais (SEAI), Urbanismo (Seurb), Cultura e Turismo (Sectur), Assuntos de Segurança Pública (Seasp), Trânsito (Setran), Saúde Pública (Sesap), Meio Ambiente (Sema), Serviços Urbanos (Sesurb), Guarda Civil Municipal (GCM), Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Sebrae.

Vale lembrar que esta é uma iniciativa inédita na Região Metropolitana da Baixada Santista e o curso foi obrigatório para todos os ambulantes que foram contemplados com o recenseamento. No total foram 16 horas, divididas em oito módulos e duas turmas.
Contato – A Prefeitura entrou em contato com os ambulantes aprovados no recenseamento, inclusive através de cartas entregues em mãos com protocolo de recebimento, para informar sobre a obrigatoriedade da participação nas atividades da capacitação.

Imprimir