Em tempo de isolamento social por conta da pandemia por Covid-19 (Novo Coronavírus), as Academias da Saúde de Praia Grande continuam apoiando seus alunos e toda a população com publicações de aulas online para que todos possam se exercitar em suas casas, sem se expor a qualquer risco.

Desde o final de março, o projeto está no ar e beneficia todas as pessoas. “Não só os 700 alunos que são cadastrados nas unidades, mas toda a população pode se exercitar em casa, nesse período onde o isolamento social é de extrema importância”, afirma a diretora de promoção à Saúde da Sesap, Camila Vicente Ribeiro.

Ela explica que a ideia principal é que os alunos não percam o ritmo já estabelecido no dia a dia das aulas e que não percam o condicionamento físico que já adquiriram. “As atividades são voltadas para todas as idades, todos podem praticar, desde as crianças até os idosos. Aqueles já são alunos vão permanecer no ritmo das aulas físicas e também vai ser uma oportunidade para quem ainda não conhece o trabalho realizado nas unidades”.

A saúde mental também é alvo das aulas on-line. “Estamos preocupados também com a saúde mental e emocional de cada um, e o exercício físico ajuda muito nesse aspecto também e dessa forma, vamos passando por esse momento difícil”, finalizou a diretora.

Os vídeos estarão disponíveis nas seguintes redes sociais: Facebook: facebook.com/prefeiturapg, no Instagram: @prefeitura_pg e no YouTube: youtube.com/prefeiturapg.

Programa de Promoção à Saúde – Praia Grande criou o Programa de Promoção à Saúde. A fase piloto do projeto vai funcionar nas oito Usafas que contam com residentes dos Programas de Medicina de Família e Comunidade e da Multiprofissional. As unidades escolas são: Maracanã, Antártica, Ocian, Caiçara, Mirim II, Santa Marina, Quietude e Samambaia. O principal objetivo é integrar as unidades com os equipamentos de outras secretarias que se encontram ao redor e que ofereçam atividades gratuitas aos munícipes, como, por exemplo, atividade física, artes, cursos em geral, que melhorem a qualidade de vida do morador. Os funcionários das Unidades serão capacitados para orientar da melhor forma possível todos os usuários.

Imprimir