Mais da metade (58%) das pequenas e médias empresas estão otimistas com o futuro. A informação foi levantada na segunda edição do Relatório Global sobre a Situação das Pequenas Empresas (Global State of Small Business Report), feito pelo Facebook, em parceria com o Banco Mundial e a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

O levantamento foi realizado com 246 empresas brasileiras entre os dias 24 e 30 de junho. A taxa de otimismo é 15% maior do que a da primeira edição, conduzida no fim de maio. 

O aumento no otimismo tem motivo: de maio até hoje, as empresas começaram a reabrir as portas em diversas cidades. A proporção de negócios fechados caiu nove pontos segundo o relatório, de 32% para 23%.

Das empresas abertas, 75% das empresas lideradas por mulheres e 79% dos negócios liderados por homens relataram estar em atividade ou envolvidos com alguma atividade geradora de receita. Na primeira edição do estudo, a proporção era de 67% e 69%, respectivamente.

Mesmo com um fluxo menor de clientes, os resultados também melhoraram para os empreendedores. Cerca de 60% dos negócios  relataram que suas vendas no mês passado foram menores do que no mesmo período de 2019. Na pesquisa anterior, na comparação entre abril e maio, respectivamente, esse índice era de 69%

Mesmo com mais vendas, o fluxo de caixa continua sendo uma preocupação para os próximos meses em 54% das empresas respondentes. O índice é levemente superior ao da edição passada, 52%.

A pesquisa vem sendo conduzida com 30 mil donos de pequenos e médios negócios, que mantêm páginas ou negócios dentro do Facebook, em mais de 50 países, e se estenderá até dezembro. 

Imprimir