As ações sustentáveis desenvolvidas por Praia Grande em benefício da preservação do meio ambiente, além de campanhas de orientação e conscientização, foram determinantes para a conquista do prêmio Franco Montoro, troféu dado para os municípios líderes do ranking do Programa Município VerdeAzul (PMVA). A Cidade recebeu ainda a sua primeira certificação do PMVA, referência conferida pelo Governo do Estado de São Paulo relacionada as boas práticas ambientais adotadas em 2019. A solenidade para entrega das honrarias ocorreu no auditório Ulysses
Guimarães, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, no último dia 5.

De acordo com o ranking do Governo do Estado, Praia Grande figura entre os três municípios mais bem colocados na Baixada Santista. A evolução da Cidade é medida através dos números. Em 2017, o Município ocupava a 333,3% colocação, em 2018, passou a figurar entre as 100 melhores de todo o Estado de São Paulo, na 94ª colocação. Agora, após a divulgação dos resultados referentes a 2019, passou para 53ª colocação, com 86.36 pontos.

Entre as ações de destaque da Prefeitura de Praia Grande estão: aumento da coleta seletiva, novos Ecopontos, reuso da água, destinação correta de resíduos da construção civil (RCC), arborização planejada, educação ambiental, proteção aos animais, destinação final de resíduos orgânicos, balneabilidade das praias, fiscalização centralizada, combate à poluição sonora e concurso sobre o meio ambiente.

As ações do PMVA em Praia Grande são coordenadas pela equipe da Secretaria de Meio Ambiente (Sema). A interação entre as secretarias municipais e a organização dos relatórios para as fases de qualificação e certificação do programa também foram determinantes para o salto do Município no ranking.

O secretário do Meio ambiente de Praia Grande, Israel Lucas Evangelista, ressaltou que o Município deve ficar orgulhoso em receber o troféu e o certificado. O ano passado já foi um especial, pois conseguimos alcançar a qualificação. Agora, neste ano estamos realizados em poder receber o prêmio e o Certificado. É um orgulho muito grande para nossa Cidade. A Administração trabalha diariamente nesta questão ambiental e é gratificante saber que o Município está cumprindo seu papel,
defendendo a bandeira e lutando pela sustentabilidade. Aproveito a oportunidade para agradecer e parabenizar a equipe da SEMA e todos os envolvidos. Esse certificado é resultado do empenho e trabalho de todos.

PMVA Criado pelo Governo do Estado de São Paulo em 2007, o Programa Município Verde Azul tem a finalidade de medir, apoiar e descentralizar a agenda ambiental nos municípios, bem como estimular as prefeituras a executarem políticas públicas em favor do desenvolvimento sustentável.

Ao todo, 92 cidades do Estado receberam a certificação por notas também acima de 80 pontos e 62 foram qualificadas ao obterem notas entre 60 e 79,9 no ranking geral até 100.

Atualmente, os 613 municípios participantes colocam em prática 85 tarefas
divididas em dez diretrizes da agenda ambiental local com base em temas
estratégicos como Município Sustentável; Estrutura e Educação Ambiental; Conselho Ambiental; Biodiversidade; Gestão das Águas; Qualidade do Ar; Uso do Solo; Arborização Urbana; e Esgoto Tratado e Resíduos Sólidos.

Nós temos o dever de fomentar políticas públicas de desenvolvimento sustentável. Este programa nos aproxima das prefeituras para entendermos suas demandas e unirmos esforços. É a oportunidade de inovar e disseminar ações entre as cidades, afirmou o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, Marcos Penido.

A cerimônia de certificação contou com a presença do governador de São Paulo, João Doria , do secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado, Marcos Rodrigues Penido, e do coordenador do Programa VerdeAzul, no Estado, José Walter.
Também participaram do evento representantes da Secretaria do Meio Ambiente de Praia Grande (SEMA). São eles: o titular da pasta, Israel Lucas Evangelista, Elaine dos Santos Rovati (diretora da Divisão de Controle e Licenciamento), Mariane Laurentino Ferreira (chefe da Seção de Programas Sócio-Ambientais), Aniello Garcia Annunciato (diretor da Divisão de Apoio),  Felipe Porto Medeiros Santos (chefe da Seção de Normatização e  Desenvolvimento Ambiental), além de Cleber Suckow Nogueira (decretario de Saúde de Praia Grande),  e Eliane Queiroz
(diretora do Departamento de Educação Ambiental de Praia Grande).

Imprimir