Em Praia Grande, o investimento em educação ocorre de forma constante. Após a entrega de novas unidades de ensino e no avanço tecnológico como tablets, lousas digitais e mesas interativas, o Município se prepara aumentar o atendimento em turmas de creche. Com a ampliação das EMs João Batista Resine Alves e Idalina da Conceição Pereira, além de a adaptação de outros dois prédios, a Cidade criará 1057 novas vagas para atender crianças com idade de 0 a 3 anos.

No último dia 17, o prefeito Alberto Mourão realizou visita técnica a EM João Batista Resine Alves e no prédio onde funcionava o antigo Cafe Sítio do Campo. O chefe do Executivo vistoriou as obras executadas acompanhado de técnicos da Secretaria de Educação (Seduc). “A Cidade continua investimento em educação, área que é uma das prioridades da Administração Municipal. Vamos ampliar e melhorar o atendimento voltado aos alunos”, declarou Mourão.

Situada no Bairro Esmeralda, a EM João Batista Resine Alves será a unidade que mais ampliará o atendimento. Com o espaço construído, a Secretaria de Educação (Seduc) cria 358 novas vagas para creche. O número mais que dobra a quantidade de alunos atendidos pela escola nessa faixa etária. Atualmente, a EM Resine Alves conta com 481 meninos e meninas matriculados, sendo que, destes, 231 pertencem à faixa etária de 0 a 3 anos. A pasta municipal já finalizou as obras no local.

Mesmo caso das obras de adaptação do prédio onde funcionava o Centro de Apoio a Família do Educando (Cafe) Sítio do Campo que já foram concluídas. No local, a Seduc precisou fazer adaptações na estrutura antiga e adequar o espaço para as necessidades das crianças com faixa etária de 0 a 3 anos. Com isso, a pasta municipal cria mais 230 vagas em creche. As duas unidades não têm data para serem entregues devido ao período de isolamento social.

Em andamento – Assim como realizou no antigo Cafe Sítio do Campo, a Seduc executa obras de adaptações no espaço onde funcionava o Centro Estadual de Educação Supletiva Max Dada Gallizzi (Ceesmag), situado no Bairro Boqueirão. No local, a Cidade contará com mais 306 novas vagas para crianças de 0 a 3 anos. Essa será a segunda vez que o prédio terá a função de receber alunos como escola municipal. Até 2009, antes de mudar de lugar, a EM Manoel Nascimento Junior usava o espaço como sede.

As obras de adaptação do antigo Ceesmag estão em andamento. O mesmo ocorre com a ampliação da EM Idalina da Conceição Pereira, situada no Bairro Vila Sônia. No local, a Secretaria de Educação executa a construção de um novo pavimento onde serão atendidos 163 novos alunos em turmas de creche. Além disso, a pasta municipal também realiza serviços de adaptações para melhor adequar espaços já existentes na unidade.

As obras no antigo prédio do Ceesmag e na EM Idalina da Conceição Pereira estão em fase inicial. A Administração Municipal ainda não previsão de quando as duas unidades serão entregues devido ao período atual de isolamento social.

Imprimir