A venda de produtos especiais e funcionais cresceu 98% nos últimos cinco anos. Atualmente existem dezenas de marcas, nacionais e importadas e há também produtos feitos para quem tem intolerância a algum componente, como a lactose ou glúten. Os micro e pequenos empresários já perceberam o potencial desse mercado, como por exemplo, a empresária Raquel Arruda, que fabrica produtos sem glúten e sem lactose desde 2013.

São biscoitos, granolas, brownies, bolos variados e barrinhas. Ela investiu R$ 300 mil para montar a fábrica e fatura R$ 50 mil por mês. Raquel vende pelo e-commerce e fornece para padarias, supermercados e lojas de produtos naturais.

“Tem espaço para todo mundo, o que antes se falava do radical agora não, é mais um equilíbrio”, conta Raquel.

Produtos industrializados sem glúten e sem lactose já existem nos mercados, mas para quem precisa fazer um lanche rápido na rua, ainda faltam opções.

O professor de empreendedorismo do Insper, Marcelo Nakagawa, percebeu que este é um nicho a ser explorado. “Há uma grande oportunidade para empreendedores, para pensar em produtos não só exclusivos para esse público, mas para que os lugares tenham opções com e sem lactose.”

A Raquel está de olho nesse público consumidor. Ela se prepara para lançar este ano uma linha de salgadinhos sem glúten e lactose. “Pretendo chegar onde o público quiser, quem quiser comprar a gente vai estar lá”, avisa.

Associação Brasileira da Indústria de Alimentos Para Fins Especiais e Congêneres – ABIAD
Endereço:Av. Iraí, 79 – Indianápolis
São Paulo/SP – CEP: 04082-000
Site: www.abiad.org.br
Telefones: (11) 2787-6306 / (11) 2787-6276
E-mail: abiad@abiad.org.br

Fonte: G1

Imprimir