Referência regional e responsável por cerca de 60% dos atendimentos hospitalares em leitos disponibilizados pelo Governo do Estado na Baixada Santista nestes últimos anos, o Hospital Municipal Irmã Dulce, sediado em Praia Grande, está sendo ampliado. As obras tiveram início neste mês de dezembro. O Complexo hospitalar ganhará mais de 100 novos leitos. Algumas áreas, como a maternidade, serão totalmente remodeladas. A Prefeitura praia-grandense está investindo cerca de R$ 20 milhões em recursos próprios nos serviços.

Além de melhorar a questão estrutural e, consequentemente, a qualidades dos atendimentos voltados a população, as obras terão outro impacto positivo. Atualmente, o Hospital Irmã Dulce é referência regional em trauma e neurocirurgia no atendimento de pacientes de média e alta complexidade. O objetivo da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) da Cidade é aumentar também a complexidade dos procedimentos efetuados e as especialidades oferecidas.

Dentro da programação definida para a ampliação da unidade, um dos principais destaques ficará por conta da criação de um Centro de Hemodinâmica. O setor será responsável por realizar consultas, exames e procedimentos voltados a área cardiológica, como, por exemplo, cateterismo. Desta forma, a Cidade colaborará de forma contundente para solucionar um gargalo e equacionar uma demanda reprimida na Região que é a oferta de serviço desta especialidade.

Os números da ampliação demonstram a grandiosidade da obra que está ocorrendo em solo praia-grandense. O Hospital Municipal Irmã Dulce terá 40 novos leitos de internação, 8 de trauma/ortopedia pediátrica, 10 de uti adulto coronária, 5 de clínica médica, 3 para atendimento de privados de liberdade, 19 de cardiologia, 6 para gestão de alto risco, além de outros 10 leitos de cuidados intermediários.

“Já começaram as obras que vão ampliar a capacidade do Irmã Dulce em mais de 100 leitos. Trata-se de um marco nesta nova fase da unidade. Isso resultará em cerca de 5 mil novos atendimentos por ano. A maternidade também será totalmente reformulada e ganhará mais oito leitos, além dos 36 que já existem. Vamos continuar também investindo em novos e modernos equipamentos hospitalares”, explicou o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão.

Inauguração – Recentemente, Praia Grande entregou as obras de ampliação e reforma do Ambulatório de Especialidades Cirúrgicas do Complexo Hospitalar Irmã Dulce. O local, totalmente reformulado, conta agora com cinco salas de consultório, 3 banheiros, sendo um adaptado e sala de espera para cerca de 60 lugares. Além disso, a ampliação contempla também novas instalações para espera da internação e remodelação da recepção e espera central, com capacidade para 90 lugares.

“O paciente precisa de um local adequado para o pré e pós-operatório. Somos referência na Região em ortopedia e recebemos pacientes de toda a região. Agora, quando eles retornarem para a consulta pós-operatória terão um local adequado para ser atendido, para aguardar e o mesmo vale para antes da cirurgia”, explicou o prefeito.

Equipamentos – O Hospital Irmã Dulce também está recebendo modernos equipamentos cirúrgicos e hospitalares. Entre eles estão aparelhos de imagens de última geração, monitores cardíacos, além de instalações de equipamentos de ar-condicionado, televisores, modernas camas e ventiladores para total conforto dos pacientes. “Somos o Município que mais atende pelo SUS (Sistema Único de Saúde) na Baixada Santista, através do Hospital Irmã Dulce. São mais 11 mil internações em 2019”, comentou o secretário de Saúde Pública de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira.

Imprimir