Praia Grande está participado da 4ª edição do Projeto Verão no Clima 2021, porém devido a reclassificação do Plano São Paulo por conta dos novos casos causado pelo Covid-19, a coordenação do Verão no Clima alterou o cronograma das ações presenciais, e assim como as demais cidades participantes, as ações estão acontecendo de maneira remota, através das redes sociais dos monitores e do próprio Projeto.

“Vale reforçar que apesar da ação não está acontecendo nas praias, como de costume, nossa equipe continua tralhando, só que por enquanto está acontecendo de maneira virtual, onde os monitores permanecem conscientizando a população sobre a importância da preservação do meio ambiente e de boas práticas ambientais. Neste primeiro momento será desta forma, depois da reclassificação do Estado, vamos ver a possibilidade de retomar com as atividades presenciais”, esclarece o secretario do meio ambiente de Praia Grande, Antônio Eduardo Serrano, mais conhecido como DR. Serrano”

As medidas foram adotadas para preservar e assegurar a integridade das equipes, moradores e turistas, que neste momento, se puderem, devem manter o isolamento social. Novas ações poderão ser adotadas pelo Governo do Estado e pelas Administrações Municipais.

O Programa é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com as cidades da Baixada Santista, Litoral Norte e Vale do Ribeira, tem como objetivos principais chamar a atenção para a importância da educação ambiental, estimular a mudança do hábito do descarte irregular e a preservação de áreas que funcionam como espaços de lazer como rios, parques e as praias. As ações serão realizadas até o mês de março.

Atuação – Em Praia Grande, assim que as ações forem liberadas na faixa de areia, os monitores serão divididos em dois turnos. Quatro atuarão no período da manhã (9 às 13 horas) e outros quatro a tarde (13 às 17 horas), sempre as sextas, sábados e domingos. Serão duas tendas fixas na orla da Cidade, nos bairros Boqueirão e Ocian.

Imprimir