O início do ano letivo está cada vez mais próximo. Sendo assim, a Secretaria de Educação (Seduc) de Praia Grande municia de informações integrantes das equipes técnicas das 77 escolas municipais. o último dia 29 de janeiro, os educadores participaram de palestra online sobre os cuidados relativos a Covid-19 e detalhes sobre o começo das aulas em 2021. Cerca de 200 profissionais da educação assistiram às explicações do médico reumatologista, Eduardo Yabuta.

Esse será o primeiro grupo da Educação a assistir à palestra. Participam deste encontro online, diretores, supervisores, assistentes de direção, pedagogos comunitários e assistentes técnicos pedagógicos (ATPs) de todas as unidades de ensino. Na próxima semana, será a vez dos professores que atuam em sala de aula a passarem por este mesmo momento de forma virtual.

Durante a palestra online, Yabuta destacou as principais ações de proteção que alunos, professores, funcionários e equipe técnica devem adotar para evitar o contágio. “O uso da máscara é o principal escudo que as pessoas podem usar para se prevenir. Além disso, a higienização correta das mãos e o distanciamento social são complementares. São protocolos que usamos em locais como farmácia e supermercado e que devem ser seguidos nas escolas”.

A distribuição das vacinas começou em diferentes regiões do País. Os profissionais de saúde, indígenas e quilombolas são os primeiros grupos a receberem a primeira dose. Em fevereiro, inicia-se a aplicação do antídoto pelo escalonamento por faixa etária (dos mais velhos para os mais novos). O médico reumatologista aproveitou a conversa com os docentes para ressaltar a importância de tal imunização.

“Estamos diante da maior epidemia, da maior tragédia em saúde pública da história desse planeta. Cabe a nós, formadores de opinião, vocês como professores, levar o máximo de informação possível”, destacou Yabuta. “E um dos pontos é justamente a vacina. Trata-se de um mecanismo eficaz. A vacina diminui em 50% o risco de o indivíduo contrair a doença e, em 100%, o risco de morte pela doença. Por isso, quando for possível por conta do protocolo de prioridades dentro da campanha, tomem a vacina e incentivem o uso da mesma”.

Para a secretária de Educação, Cida Cubilia, o encontro virtual foi fundamental para acalmar e orientar os integrantes das equipes técnicas das unidades quanto ao início do ano letivo. “Precisamos municia-los com o máximo de informação possível para receber os professores na próxima semana e poder repassar esse conteúdo ao corpo docente. Para assim, prepararmos para o início do período letivo e para o retorno das aulas presenciais em um futuro próximo”.

Imprimir