Mais de 400 crianças fazem exames clínicos até sexta em Praia Grande

32

Com o retorno das aulas em Praia Grande nesta segunda-feira (29), após 15 dias de recesso escolar, o programa De Olho no Futuro volta a rotina de atendimentos. Até sexta-feira (2), 419 alunos de 9 escolas municipais fazem os exames clínicos para verificar se apresentam alguma dificuldade para enxergar. Realizada desde o ano passado, a iniciativa já beneficiou 38 crianças com a entrega de óculos e, no dia de agosto, mais 18 meninos e meninas serão contemplados.

Nesta segunda e terça-feira (29 e 30), 152 alunos de quatro escolas passam por atendimento realizado pela equipe da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) na EM Vila Tupiry, no Bairro Tupi. Além da unidade polo, realizam os exames meninos e meninas das EMs Circe Sanchez Toschi e Layde Rodrigues Reis Loria, ambas no Aviação, e Florivaldo Borges de Queiroz, no Ocian.

A partir de quarta-feira (31), será a vez da EM Professora Esmeralda dos Santos Novaes, no Bairro Quietude, receber a equipe responsável pela realização dos Exames. Na unidade, 267 crianças passarão por atendimento. Os pequenos estão matriculados, além da unidade polo, nas EMs Pablo Trevisan Perutich e Ophelia Caccetari dos Reis, ambas no Anhanguera; Juliana Arias Rodrigues de Oliveira, no Tupiry; e Natale de Lucca, no Quietude.

Antes do recesso escolar, o programa já passou por outras duas escolas polos. Na EM Newton de Almeida Castro foram atendidos pelos oftalmologistas, 297 alunos oriundos das EMs: Idílio Perticaratti, do Antártica, Idalina da Conceição Pereira, também do Vila Sônia, e José Ribeiro dos Santos Cunha, do Glória, além dos alunos da própria unidade sede.

Depois foi a vez da EM Manoel Nascimento Junior, Bairro Boqueirão, receber a equipe técnica. Na unidade, 255 alunos fizeram os exames com a equipe médica. Os pequenos eram oriundos das EM Estina Campi Baptista, do Canto do Forte, EM República de Portugal, do Guilhermina, EMs Luzia Borba Ranciaro e Dorivaldo Francisco Loria, ambas do Sítio do Campo, além dos alunos da própria escola.

Nova fase – Os alunos já atendidos e que passam pelos exames até sexta-feira (2) fazem parte de um total de 1.590 crianças que serão examinadas pela equipe da Sesap nas escolas polos. Em 2019, o programa De Olho no Futuro mudou a forma de atuar. Antes, as crianças eram encaminhadas para mutirão de consultas realizadas no Centro de Especialidades Médicas, Ambulatoriais e Social (Cemas). Agora, o corpo clínico percorre as unidades.

De Olho no Futuro – Realizado desde 2018, o programa tem como objetivo identificar possíveis alterações visuais apresentadas e, assim, evitar que o problema cause um baixo rendimento acadêmico.

A iniciativa ocorre por meio de parceria entre as secretarias de Educação (Seduc) e Saúde Pública (Sesap). Ao todo, 7.948 alunos de 33 escolas municipais com turmas de Infantil I e II passaram pelo programa, resultando, até o momento, na entrega de 38 óculos de grau, com apoio do Centro Cultural Dalton Pinheiro Pedroso.

Imprimir